Capacitação

Valor:

Sindicalizado:R$1.000,00 com até 30% de desconto.

Não Sindicalizado:R$1.000,00 com até 15% de desconto.

Estudantes e Idosos:30% de desconto, mediante comprovação.

Informações:

Fone: (81)3412-8400

WhatsApp: (81)99164-9752

E-mail: comercial@fiepe.org.br

PROGRAMA GESTÃO DO COMPORTAMENTO PROATIVO

Local: Av.Cruz Cabugá, 767- Santo Amaro - Edif. Casa da Indústria

Data: 05 de Julho a 30 de Agosto de 2017.

Horário: 18h às 22h

Carga horária: 32h

Público-alvo: Profissionais interessados em desenvolver competências para uma gestão proativa, capaz de aumentar a produtividade da empresa e ampliar da visão estratégica e global de negócios.

Objetivos: Desenvolver competências que podem ser ampliadas para definir os rumos da organização, tornando-a mais competitiva através do alcance de maiores resultados e melhor desempenho.

O Instrutor

Anna Olympia Cardoso Accioly


Psicóloga formada pela Faculdade de Ciências Humanas ESUDA.
Pós-Graduada em Terapia Cognitivo Comportamental na Faculdade
de Ciências Humanas ESUDA.
Mestranda em Psicanálise – Educação e Saúde pela UNIDERC.;

Psicóloga clínica, professora de Graduação e Pós  FASE, Joaquim Nabuco – Olinda, FOC
Recursos Humanos e áreas afins.
Profissional com mais de 25 anos no mercado, atuando na área clinica e organizacional,
com vasta experiência em gestão de recursos humanos.

 

Vinicius Wandeley


Psicólogo formado pela Faculdade Pernambucana de Saúde
Pós-Graduado em Terapia Cognitivo Comportamental na
Faculdade de Ciências Humanas ESUDA
Formação de analistas em treinamento e desenvolvimento de
Pessoas.

Treinamento de Humanização no Atendimento à Saúde.
Psicologia do Esporte e a Abordagem Cognitiva Comportamental.
Curso Paleográfico.
Profissional com experiência
Psicólogo organizacional, com ênfase em recrutamento, seleção e treinamentos internos.

Programa:

AS OITO CAPACIDADES DA EMPRESA PROATIVA:

 

1. Capacidade de lidar com o risco

2. Capacidade de lidar com o erro

3. Capacidade de visualizar realidades futuras

4. Capacidade de gerenciar a pressão do curto-prazo

5. Capacidade de inovar proativamente

6. Capacidade de gerenciar de forma flexível

7. Capacidade de liderar proativamente

8. Capacidade de identificar e desenvolver proativas pessoas

 

OFICINA 1 – GESTÃO DO COMPORTAMENTO PROATIVO (8H)

 

A gestão do comportamento proativo abrange as capacidades da empresa em liderar proativamente e de identificar e desenvolver pessoas proativas. A liderança proativa representa o tipo de liderança voltado a promover comportamentos e ações voltados à antecipação, à criatividade e à construção de novas formas de trabalho. Líderes proativos são líderes transformadores, que contrapõem o estilo tradicional de liderança marcado pelo controle e supervisão. Esse estilo de liderança está em sintonia com a segunda capacidade gerenciada pela gestão do comportamento proativo, a capacidade de desenvolver a proatividade pessoal. Empresas proativas devem identificar, desenvolver e manter em suas equipes de trabalho pessoas com perfil proativo, cujas competências dêem respaldo para a execução das estratégias proativas traçadas. Isso porque a proatividade pessoal não é um talento raro detido por apenas alguns privilegiados. Como toda competência, pode ser trabalhada e treinada. Empresas proativas reconhecem que as pessoas são potencialidades proativas esperando para serem aproveitadas.

 

Abordagens:

 

·         Capacidade de Liderar Proativamente

·         Capacidade de Identificar e Desenvolver Pessoas Proativas

 

OFICINA II – GESTÃO DA INCERTEZA (8H)

A gestão da incerteza diz respeito às capacidades da empresa em lidar com o risco e o erro, dois elementos sempre presentes quando se buscam antecipar momentos-zero do mercado. Lidar com a incerteza constitui um dos principais desafios aos líderes e gestores que pretendem que suas empresas sejam menos reativas. E para lidar com a incerteza é necessário justamente que a empresa reverta o modelo mental relativo ao risco e ao erro. A forma de lidar com esses dois elementos assume, no âmbito da proatividade, natureza diversa da que estamos acostumados a conceber. Nesse contexto, o conceito que separa de forma radical o sucesso e a falha é reinterpretado e ultrapassado: empresas proativas sabem que “nada é mais arriscado do que não correr risco algum”, e esse, com certeza, é o maior erro de todos.

 

Abordagens:

 

·         Capacidade de Lidar com Risco

·         Capacidade de Lidar com o Erro

 

OFICINA III – GESTÃO DA INOVAÇÃO PROATIVA (8H)

A gestão da inovação proativa envolve as capacidades da empresa em inovar proativamente e também de gerenciar de forma flexível. A inovação proativa reflete uma nova postura diante do processo inovador, realmente voltada a quebrar com as regras de mercado vigentes. Além da capacidade de inovar proativamente, a gestão da inovação proativa requer uma disposição da empresa em atuar de forma mais flexível em relação as suas operações e hierarquias. Entende-se que estruturas burocráticas marcadas por forte controle e normatização são nocivas à proatividade de mercado, pelo fato de inibirem a autonomia e a geração de insights inovadores.

 

Abordagens:

 

·         Capacidade de Inovar Proativamente

·         Capacidade de Atuar de Forma Flexível

 

OFICINA IV – GESTÃO DO FUTURO HOJE (8H)

 

A gestão do futuro-hoje engloba as capacidades da empresa em visualizar realidades futuras e de gerenciar a já descrita pressão do curto prazo. A expressão “futuro-hoje” representa uma nova visão em relação ao futuro, onde esse é tido não como algo que está por vir, mas sim, uma realidade que se constrói no presente. Acreditar no futuro-hoje traduz a refinada habilidade dos estrategistas em agir no presente tendo em vista o futuro. O exercício dessa habilidade, no entanto, só se efetiva se a empresa detiver as capacidades de imaginar realidades futuras e de romper com a pressão do curto-prazo.

 

Abordagens:

 

·         Capacidade de Visualizar Realidades Futuras

·         Capacidade de Gerenciar a Pressão em Curto Prazo