notícias

Debate

Agenda microeconômica é vista como saída rápida para a economia voltar a crescer
Assunto é visto como positivo pelo setor produtivo do Estado

23/02/2018
Senador Armando Monteiro Neto e empresários

A convite da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), o senador Armando Monteiro Neto conversou com cerca de 50 empresários dos mais diversos setores produtivos ligados à indústria local, nesta sexta-feira. Economia brasileira, projetos que tramitam no Congresso a favor do crescimento do País e mudanças na legislação foram alguns dos temas discutidos na oportunidade.

 

“O Congresso tem que se voltar para discutir temas que, de fato, afetem a vida e os negócios. Por isso, acredito, que a microeconomia tem que estar entre as prioridades no Congresso Nacional”, disse, acrescentando que essa agenda é importante por beneficiar quem ajuda a elevar o Produto Interno Bruto (PIB) do País, os pequenos empresários. E foi justamente para esse público que o senador destinou boa parte de sua fala em visita à Federação.

 

Na ocasião, o senador destacou assuntos que tramitam no Grupo de Trabalho de Reformas Microeconômicas, uma agenda aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). “Já discutimos a produtividade do Brasil a partir de um diagnóstico que fizemos, a concorrência e o empreendedorismo, além de termos desenvolvido Projetos de Lei (PL) com intuito de avançar ainda mais com essa pauta econômica”, relembrou, destacando a tramitação de alguns PL’s no Congresso, como os que propõem a simplificação do PIS/COFINS, a compensação tributária, o Código de Defesa do Contribuinte, entre outros.

 

Sobre o Projeto de Lei nº 240/2017 que sugere uma nova redação com ampliação para as licenças de afastamento dos trabalhadores – que tramita no Senado -, o senador disse acreditar que a aprovação do texto não prosperará. Para o presidente da FIEPE, Ricardo Essinger, a aprovação da matéria implicaria num prejuízo muito grande para o setor, que já vem sofrendo com os efeitos da crise econômica do País e com os sucessivos feriados.

 

Na ocasião, Essinger entregou ao senador um projeto articulado pela FIEPE, em que vai propor que o Código de Direito, Garantias e Obrigações do Contribuinte do Estado de Pernambuco seja instituído. O texto ainda será submetido à Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe). 

Arquivos