notícias

Confiança do empresário local registra maior alta desde janeiro de 2014

06/02/2018

O Índice de Confiança do Empresário (ICEI) de Pernambuco cresceu 2,7 pontos entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. Com a alta, pelo segundo mês consecutivo, o ICEI local alcançou 57,9 pontos no primeiro mês do ano. Para se ter ideia, o resultado é o maior desde janeiro de 2014, quando o índice registrou 59,0 pontos. Depois disso, o ICEI passou por sucessivas retrações em função dos primeiros efeitos da crise econômica nacional nas empresas, que, naquela época, já atingia seu ápice. Na comparação com janeiro de 2017, o recente resultado também se destaca em 4,9 pontos a mais.  Em números absolutos, o do ano passado registrou 53,0 pontos. Os dados são da FIEPE.

 

A melhora expressiva do ICEI tem a ver com as perspectivas mais otimistas do empresário pernambucano, que tiveram reflexo no índice de expectativas – um dos componentes do levantamento. Esse índice cresceu 2,7 pontos na comparação com dezembro de 2017 e atingiu 60,9 pontos no Estado. O índice é 3,5 pontos superior ao registrado em janeiro de 2017.

 

De acordo com o Gerente de Economia e Negócios Internacionais da FIEPE, Thobias Silva, o resultado da melhora no ICEI é fruto do novo ambiente econômico. “O Brasil e Pernambuco apresentam taxas de crescimento, ainda que a base de comparação seja ruim, o que provoca um efeito de variação mais “significativo”. É inegável que a situação está melhor hoje do que foi nos últimos 24 meses. Mesmo assim, ainda existem alguns desafios na retomada do crescimento da nossa economia, destaco como maior desafio, principalmente para Pernambuco, a redução da taxa de desemprego”.

 

Para essa explicação, o economista se fundamenta também no comportamento do índice de Condições Atuais – outro componente da pesquisa. Esse índice registrou para o mês de janeiro deste ano elevação de 2,9 pontos em relação ao mês anterior e marcou 52,2 pontos no Estado.

Arquivos