notícias

Palestra

Max Gehringer e Claudio Forner falam de empreendedorismo e inovação, na FIEPE
FIEPE busca aperfeiçoar gestores, executivos e industriais para enfrentar os momentos econômicos adversos

09/10/2017

A crise econômica brasileira impôs uma exigência ao mercado: é preciso inovar para sobreviver.  Sem essa estratégia, garantem os especialistas, fica ainda mais difícil driblar a falta de clientes, a ausência de capital, a escassez de conhecimento e o encarecimento da mão obra.  São muitas as dificuldades deflagradas pela recessão econômica, mas sempre existem alternativas capazes de potencializar os negócios e distanciar as empresas do temido índice de mortalidade. Para ajudar o empresariado a ter nitidez nos momentos adversos, a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE) realiza, no dia 18 de outubro a partir das 18h, o IV Seminário de Gestão, com os palestrantes Claudio Forner e Max Gehringer.

 

Dentro dessa estratégia, o encontro vai permitir que os gestores amadureçam a visão empreendedora a partir do ponto de vista de quem está há anos no mercado. Forner, conhecido pela sua atuação ao lado de Roberto Justus durante o Aprendiz 5, apresentará cases de sucesso, sem que, necessariamente, a inovação esteja associada a utilização de tecnologia.

 

Os participantes vão entender como uma boa ideia precisa, antes de tudo, estar bem estruturada em um projeto. Isso porque, uma boa consolidação do conceito pode minimizar qualquer entrave futuro e aglutinar os recursos. Forner dará o caminho das pedras por meio de abordagens sobre diferenciação de mercado e gestão de oportunidades, além de apostar na tese projeto versus ideia e cases de sucesso.

 

Autor de diversos livros sobres carreiras e gestão empresarial, Max Gehringer vai falar sobre inovação, gestão estratégica, visão de oportunidade, líder como agente da mudança e liderança, que trará também cases em que a inovação foi a protagonista de grandes negócios. Uber, Facebook, Alibaba e Airbnb são alguns dos exemplos.

 

Para ele, inovação e criatividade precisam ser colocados em prática e não podem estar associados à velha rotina. Esse momento será fundamental para os participantes, que terão o desafio de perceber em que situação esses assuntos poderão ser aproveitados para a gestão das suas empresas e das suas equipes. Realizado pela FIEPE e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o evento conta com patrocínio da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD DIPER). 

Arquivos