notícias

Energia

Planejamento Energético da matriz veicular em pauta na FIEPE

26/03/2018
Debate sobre a matriz energética reúne líderes do setor energético

O potencial de negócios em exploração de petróleo e gás no Nordeste e no país foi o foco do seminário “O Planejamento Energético da matriz veicular do Brasil até 2030”, realizado nesta segunda-feira, na FIEPE. Promovido pelo Sindicato da Indústria do Açúcar no Estado de Pernambuco (SINDAÇÚCAR-PE) e com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), o evento contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

 

O encontro reuniu ainda políticos, pesquisadores e membros das indústrias energéticas para discutir assuntos do setor, como o Programa RenovaBio e projeções para os mercados nacionais de combustíveis e biocombustíveis. Ao todo foram, seis paineis, apresentados por especialistas na área. O presidente da FIEPE, Ricardo Essinger, participou dos debates pela manhã acompanhado do secretário da Micro e Pequena Empresa, Alexandre Valença, que, na ocasião, representava o governador do Estado, Paulo Câmara.

 

A iniciativa teve como objetivo discutir como se dará a matriz energética brasileira, principalmente aquela relacionada aos combustíveis de veículos, até 2030. “O Brasil tem importado combustíveis fósseis para complementar o abastecimento nacional. Por isso, é um momento interessante para discutir a capacidade de refino de petróleo e a colaboração dos biocombustíveis”, adianta o presidente do Sindaçúcar, Renato

 

Entre os palestrantes estIiveram: Décio Oddone e Aurélio Cesar Nogueira Amaral, diretores da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Márcio Félix de Carvalho de Bezerra, secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis, Marília Folegatti Matsuura, pesquisadora da Embrapa, além de Plínio Nastari, membro do Conselho Nacional de Política Energética e José Mauro Coelho, da Empresa de Pesquisa Energética.

Arquivos